Breaking News

VOLTA ÀS AULAS-PELO PROF. MAURÍCIO SANTANA


O caderno novo, o estojo, a farda, a mochila. Expectativas, ansiedade, desejos, saudades. O intervalo, o embaraço, e o reencontro. Tudo isso junto, misturado e confuso faz parte da volta às aulas. Tanto para o aluno que conhece a escola, como para o novo que acabou de chegar.
O retorno das aulas traz a alegria de retomar a rotina e prazer do reencontro com os amigos e professores e junto não se deve esquecer as obrigações e responsabilidades que se deve ter em qualquer idade, em qualquer segmento da escolaridade.
Com exceção dos alunos pequenos, todos sabem e esperam que a escola lhes ofereça inúmeras situações que geram aprendizado e desafios. O ano letivo começa num dia, mas naquela semana, mês, trimestre, um emaranhado de demandas, experiências, vivências e aprendizagens acontecerão de modo intenso e fecundo.
A escola tem como objetivo duas coisas centrais: que tudo seja educativo e importante para que os alunos aprendam e se desenvolvam, e que tenha um significado e faça sentido para eles. O ato de fazer da aprendizagem um processo significativo é o desafio maior para todo educador.
Ainda é válido destacar que três valores fundamentais tornam-se importantíssimos no mundo atual: a busca pela construção da autonomia moral e intelectual dos alunos, a convicção de que o conhecimento é a fonte indispensável para isso, e que cooperação é o elemento central para a vida em comum.
Esses três valores são bússolas de orientação para quaisquer instituições de ensino e devem substanciar as ações pedagógicas a serem desenvolvidas na escola.
(Maurício Santana, Licenciado em História, Professor da rede Estadual e Privada de Ensino, Pós Graduado em História do Brasil, Gestão Educacional e Mestre em Educação)

Nenhum comentário