Breaking News

SINTOMAS DE ALERGIA À POEIRA,CAUSAS E O QUE FAZER


A alergia à poeira ocorre principalmente por causa da reação alérgica provocada pelas fezes de ácaros, que são pequenos bichos que ficam acumulados nos tapetes, cortinas e cama, sendo que os sintomas são espirros, coceira no nariz, tosse seca, dificuldade para respirar e vermelhidão nos olhos e surgem principalmente após a realização de uma faxina ou ao entrar em locais que ficaram muito tempo fechados.O tratamento para alergia à poeira deve ser baseado, principalmente, em medidas de controle ambiental, isto significa manter a higiene da casa, trocar a roupa de cama frequentemente e evitar uso de carpetes e bichinhos de pelúcia. Se mesmo com essas medidas os sintomas não melhorarem é necessário consultar um médico de clínica geral ou alergista para receitar remédios anti-alérgicos e corticoides.Principais sintomasOs sintomas da alergia à poeira são parecidos aos que aparecem na alergia respiratória, que podem ser:·         Espirros constantes;
·         Tosse seca;
·         Dificuldade para respirar;
·         Falta de ar e ruídos ao respirar;
·         Coceira no nariz e olhos;
·         Coriza;
·         Olhos lacrimejando e com vermelhidão;
·         Bolinhas na pele.
Geralmente, os sintomas surgem quando se está arrumando a casa, depois de acordar, quando se está mexendo em bichinhos de pelúcia ou ao entrar em locais com carpetes ou que estão há muito tempo fechados.Para confirmar a alergia à poeira é importante consultar um clínico geral ou alergista que irá analisar estes sintomas e poderá solicitar a realização de exames de sangue e teste alérgico. Veja como é feito o teste alérgico.Possíveis causasA alergia à poeira acontece por causa de uma reação exagerada das células de defesa do corpo na presença de proteínas liberadas pelas fezes de ácaros, que são bichos bem pequenos, invisíveis a olho nu, que se alimentam dos restos de pele humana e se acumulam em locais quentes e úmidos, como em carpetes, cortinas, tapetes, roupa de cama, sofá e bichinhos de pelúcia.O tipo de ácaro que mais causa alergia à poeira é do gênero Dermatophagoides, e também é o causador de doenças como dermatite atópica, rinite alérgica, asma, que é uma inflamação crônica no pulmão provocada por alergia. Saiba mais o que é asma e principais tipos.O que fazer para melhorarPara melhorar os sintomas da alergia à poeira é fundamental evitar o contato com objetos que possam ter acúmulo de poeira e consequentemente de ácaros, assim como evitar ficar em locais muito fechados e úmidos.Se a alergia não melhora e os sintomas pioram mesmo com a redução do contato da pessoa com poeira, é necessário consultar um clínico geral ou alergista para que possam recomendar medicamentos anti-alérgicos, como desloratadina e polaramine, ou até mesmo corticoides, como a prednisona. Em alguns casos, o médico recomenda o uso de injeção para alergia para reduzir as crises alérgicas. Confira mais como funciona a injeção para alergia.Como prevenir as crises alérgicasPara prevenir as crises de alergia à poeira é importante tomar medidas de controle ambiental, como por exemplo:·         Manter a casa arejada;
·         Fazer higiene da casa regularmente;
·         Evitar travesseiros e edredom de pena ou algodão, optando por tecidos sintéticos de poliéster;
·         Limpar o chão com pano úmido para não levantar poeira;
·         Evitar carpetes e cortinas no quarto;
·         Dar preferência à persianas de enrolar, que são mais fáceis de limpar do que cortinas;
·         Limpar os tapetes com aspirador de pó, pelo menos 2 vezes por semana;
·        Trocar a roupa de cama toda semana, lavando-a na máquina com água quente;
·       Evitar ter bichinhos de pelúcia no quarto;
·       Usar máscara de proteção ao limpar locais com muita poeira.
Além disso, se tiver animais de estimação em casa é importante evitar o contato deles com a cama, para que não acumule pelos, que também causam alergia e são alimentos para ácaros. Veja quais são os sintomas de alergia a pelos de animais.

Nenhum comentário