• Breaking News

    sábado, 13 de abril de 2019

    EX-JOGADOR DO BAHIA E EX-TÉCNICO DO CONQUISTA ASSUME SECRETARIA NA ÁREA DE ESPORTE DO GOVERNO BOLSONARO




    O ex-jogador de futebol Washington, conhecido como “Coração Valente”, foi nomeado secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis) do Governo Federal, nesta sexta-feira (12).
    A nomeação de Washington foi publicada na edição desta sexta do Diário Oficial da União. O cargo que ele o ex-atleta vai ocupar é vinculado ao Ministério da Cidadania, dentro da Secretaria Especial do Esporte, o antigo Ministério do Esporte.
    Washington chegou a exercer o mandato de deputado federal pelo Rio Grande do Sul, entre novembro e janeiro deste ano, ele ficou entre os suplentes da bancada gaúcha na eleição de 2014 e assumiu o cargo quando o atual ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, se licenciou da Câmara dos Deputados para comandar a equipe de transição de Bolsonaro.

    Em entrevista ao site da Secretaria Especial do Esporte, o ex-jogador afirmou que considera “importantes” as ações de educação e inclusão social por meio do esporte.
    “Além do esporte e do lazer, a Snelis envolve duas coisas importantes, que são a área educacional e a inclusão social. São duas ferramentas muito importantes principalmente na formação do cidadão”, disse.
    NO FUTEBOLA passagem de Washington pela Bahia foi como treinador. Ele comandou o Vitória da Conquista durante parte do Campeonato Baiano de 2018, mas não agradou. Após uma sequência de resultados negativos, o Coração Valente entregou o cargo.
    Como atleta, Washington Stecanela Cerqueira ganhou nos gramados o apelido de “Coração Valente”  após ter passado por uma cirurgia no coração durante a carreira.
    Artilheiro, o atacante foi campeão brasileiro pelo Fluminense em 2010 e tem no currículo jogos pela Seleção Brasileira, além de passagens marcantes por Ponte Preta, São Paulo e Athletico-PR, onde se sagrou campeão brasileiro.
    Washington encerrou a carreira em 2011, após 17 anos como atleta profissional. Ele voltou a morar em Caxias do Sul, sede do Caxias, primeiro clube pelo qual se destacou.