• Breaking News

    sábado, 16 de março de 2019

    NILO COELHO PERDE DIREITOS POLÍTICOS EM CONDENAÇÃO POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA


    A condenação também prevê multa em três vezes o valor da última remuneração de seu cargo como prefeito.Publicado em 16/março/2019 - 06:52
    Nilo
    O ex-prefeito de Guanambi, Nilo Moraes Coelho (PSDB), teve seus direitos políticos suspensos pelo prazo de 5 anos, pela 1ª Vara da Justiça Federal de Guanambi, por improbidade administrativa.Na sentença proferida no dia 28 de fevereiro, pela juíza federal Daniele Abreu Danczuk.A Ação Civil Pública foi movida pelo Ministério Público Federal (MPF) que apontou irregularidade na contratação de 20 caminhões caçambas para serviços de transporte de terra e afins. Segundo o MPF, foi constatada a ausência de competitividade e de cotação prévia de preços para estimativa de gasto na licitação. A contratação aconteceu em 2009. De acordo com a decisão, o tucano causou danos à administração pública enquanto prefeito e, por essa razão, perderá os direitos políticos por cinco anos. A decisão do magistrado cabe recurso. A condenação também prevê multa em três vezes o valor da última remuneração de seu cargo como prefeito.De acordo com o site Agência Sertão, em sua defesa, Nilo Coelho sustentou a ausência de ato ímprobo, de dolo e de prejuízo. Ele ainda argumentou que a licitação aconteceu apenas após a terceira publicação após as duas primeiras terem sido consideradas desertas, e que o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM)  aprovou suas contas e que as contratações resultaram em vantagem financeira para a municipalidade.Nilo Coelho não foi localizado para comentar a decisão,mas o espaço ficar aberto para o ex-gestor esclarecer.Redação www folhadovale.netEDIÇÃO: 

    POSTAGENS MAIS VISTAS NO BLOG!