Breaking News

JEQUIÉ: COM 11 VOTOS CONTRA E 7 A FAVOR DENUNCIA QUE PEDIA CASSAÇÃO DO PREFEITO É REJEITADA PELA CÂMARA

Dorival faz a leitura da denúncia. Fotos: Blog Marcos Frahm
Mais uma sessão tensa na Câmara Municipal de Jequié. O clima de tensão marcou, na noite desta terça-feira (26), mais uma votação de mais um processo que pedia a cassação do prefeito Sérgio da Gameleira (PSB). Com 11 votos contrários e 7 favoráveis ao acatamento da denúncia o pedido de afastamento apresentado pelo estudante Gustavo Figueiredo, sob alegação de constatação de irregularidades na aplicação de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb foi rejeitado pela Câmara. A denúncia foi lida em plenário. Em seguida, o presidente da Casa, Emanuel Campos (PV) franqueou a palavra aos vereadores, que se revesaram na tribuna, apresentando seus argumentos contra e a favor da peça acusatória, em que eram apontadas supostas irregularidades por parte da gestão pública municipal.
Plenário da Câmara esteve lotado durante sessão de votação
O presidente Emanuel reprimiu algumas manifestações, que segundo ele estavam inviabilizando os trabalhos. O ex-vereador Reginaldo Barros, por exemplo, autor do primeiro pedido de afastamento contra o prefeito e que foi arquivado na sessão do dia (27) de fevereiro último foi chamado à atenção pelo presidente, e por pouco não foi retirado do plenário pela Polícia Militar e Guarda Municipal que garantiram a segurança no local. O manifestante estava exaltado ao presenciar vereadores recusando a denúncia.  A votação ocorreu com a presença de 18 vereadores.
Votos favoráveis ao afastamento:
Soldado Gilvan
Admilson Careca
Joaquim Caíres
Laninha
Dorival Jr.
Reges Silva
Colorido
Votos contrários ao afastamento:
José Simões
Guina Lopes
Ivan do Leite
Pastoleiro
Roque Silva
Gutinha
Beto de Lalá
Adriano Guião
Marcinho Melo
Eliezer Fiim
Ramon Fernande
s Comentar