• Breaking News

    quarta-feira, 20 de março de 2019

    DOIS HOMENS MORREM APÓS ELEVADOR DESPENCAR DE PRÉDIO DE LUXO EM SALVADOR-BA


    Dois homens morreram após o elevador que eles estavam despencar de um prédio, na manhã desta segunda-feira (18), no Corredor da Vitória, bairro nobre de Salvador. Informações iniciais apontam que uma das vítimas tinha 17 anos.

    O Samu confirmou os óbitos e informou que outro homem, de 44 anos, ficou ferido. A vítima, que teve uma lesão no tornozelo, foi socorrida e levada para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não há detalhes do estado de saúde do homem.

    O elevador está instalado na área externa da Mansão Carlos Costa Pinto, prédio de luxo, que possui 18 andares e um apartamento por andar. Segundo informações da delegada Carmen Dolores, da 14ª DT da Barra, as vítimas caíram do 5º andar. Não há detalhes da altura os homens caíram.

    O equipamento que despencou estava instalado para a realização de serviços no local. A equipe do G1 esteve no local. Nenhum funcionário ou representante da administração do edifício quis falar com a imprensa. Também não há detalhes do que causou a queda do elevador.

    Equipes da Polícia Militar e do Samu estiveram no local. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado e, por volta das 14h30, os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado na 14ª Delegacia, que fica no bairro da Barra.

    Em nota, o Ministério Público do Trabalho (MPT) informou que instaurou inquérito para apurar as responsabilidades sobre o acidente. Ainda segundo o órgão, os três operários que estavam no elevador quando o equipamento despencou estavam trabalhando sustentados por uma corda presa no terraço.

    Conforme o MPT, não havia indicação clara de eles usavam os equipamentos de proteção individual e coletiva exigidos para este tipo de trabalho. O Ministério Público do Trabalho afirmou, ainda, que dois auditores do órgão estiveram no local logo após o acidente, e que o inquérito vai verificar a responsabilidade sobre a contratação do serviço e a adoção das medidas de saúde e segurança exigidas para tais atividades.
    Fonte: G1

    POSTAGENS MAIS VISTAS NO BLOG!