• Breaking News

    sábado, 23 de fevereiro de 2019

    DEZESSETE PREFEITOS DA REGIÃO SE REÚNEM EM ITABERABA PARA FORMAÇÃO DE CONSÓRCIO DE SAÚDE

    Com o consórcio, uma policlínica deve ser construída no município de Itaberaba para atender a região chapadeira | FOTO: Montagem do JC |
    O prefeito do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, Ricardo Mascarenhas (PSB) recebeu nesta sexta-feira (22) prefeitos de várias cidades da região para discutir a formação do Consórcio Municipal de Saúde que vai viabilizar a implantação de uma Policlínica Regional. Conforme informações, a unidade deve ser construída em Itaberaba. O encontro aconteceu no auditório do Bela Vista Web Hotel, centro da cidade chapadeira e contou com a presença de Nelson Portela, ex-prefeito do município de Maracás, hoje representante da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) como coordenador dos Consórcios Municipais de Saúde.
    Com a presença de 17 representantes de municípios que integram dois Territórios de Identidade da Bahia: Piemonte do Paraguaçu, no qual Itaberaba está inserida e Chapada Diamantina, que abriga o outro maior município da região que é Seabra.
    A abertura do evento foi feita pelo próprio anfitrião. Ricardo Mascarenhas lançou mão de sua credibilidade política e administrativa junto aos gestores dos municípios vizinhos nesses quase três anos de mandato, e abraçou a causa na busca pela implantação de mais esse equipamento de saúde em Itaberaba. “O senso de coletividade é algo primordial na gestão pública, ninguém avança em nada sozinho. Fico muito feliz por meus colegas prefeitos entenderem o quanto vai ser positivo para os municípios formar o consórcio, o quanto avançaremos em saúde e economizaremos em custeio. A expectativa é boa, e Itaberaba está de portas abertas para receber a policlínica, se assim o colegiado decidir”, frisa Mascarenhas.
    Itaberaba converge com os municípios de seu entorno. O depoimento de alguns dos prefeitos presentes e a confiança que cada um deposita na formação desse consórcio, somados à busca pela Lei Municipal Autorizativa para a formação dos consórcios (para os que não têm) será publicado em notas no decorrer da semana no site do Jornal da Chapada.
    Durante o evento, Nelson Portela, que representou o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, e o governador Rui Costa (PT), detalhou sobre a formação dos Consórcios Municipais de Saúde, e discorreu sobre a estruturas das policlínicas e seu funcionamento. Ele também dirimiu dúvidas dos prefeitos participantes. Para quem não sabe, os investimentos em policlínicas fazem parte da regionalização da saúde, uma meta do governo baiano. As estruturas físicas e equipamentos das policlínicas são investimentos do governo estadual e são mantidas por meio do Consórcio Público Interfederativo de Saúde formado pelos municípios.
    Nessa estrutura são ofertados serviços de média e alta complexidade (como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia, colonoscopia, mamografia, entre outros) por profissionais capacitados e equipamentos de última geração, para os municípios associados, viabilizando para os prefeitos uma oferta de serviços de qualidade com transporte próprio e a preços módicos.
    “Essa não é a primeira vez que venho a Itaberaba para coordenar a implantação dessa policlínica na região. Havia uma indefinição sobre a sede do equipamento, mas o prefeito Ricardo esteve na Sesab acompanhado de alguns prefeitos [lembre aqui] e solicitou essa apresentação, inclusive com os valores percaptos para cada municípios, já que nas nossas vindas anteriores eram outros gestores. E saio daqui com uma impressão muito boa, principalmente em relação ao coro de 17 municípios. E estou à disposição de outros prefeitos que queiram engrossar esse colegiado, já que nessa ação quanto mais filados tiver o consórcio os valores percaptos por município diminuem. Essa é a vontade do secretário Fabio Vilas-Boas e do governador Rui Costa. Ou seja, cobrir toda a Bahia com serviços de alta e média complexidade, para isso já autorizou para esse ano a construção de 11 policlínicas”, informa Nelson Portela.
    A animação foi geral quando o prefeito de Seabra, Fábio Lago Sul (Rede), se pronunciou mostrando desprendimento em relação a escolha das sedes tanto da policlínica quanto do presidente do Consórcio, ambas deliberações do colegiado do consórcio por meio de votação. “Temos que ter em mente que nossa região precisa dessa policlínica. Ela é uma conquista da Chapada. E a decisão sobre sua localização não deve ser por meio de jogo político e sim uma decisão dos prefeitos associados, nós é que vamos [por meio do voto] decidir qual a melhor localização do equipamento. Por pensar assim, você pode ter certeza que a prefeitura de Seabra vai saber entender a escolha dos nossos colegas”, declara Fábio ao Jornal da Chapada.
    Os prefeitos que participaram deste evento em Itaberaba foram, além do anfitrião Ricardo Mascarenhas (Itaberaba), Fábio Lago Sul (Seabra), Helder Lopes Campos (Boa Vista do Tupim), Adenilton dos Santos Meira (Marcionílio Souza), Edval Luz Silva (Abaíra), Adelson Oliveira (Iaçu), Valdes Brito (Itaetê), Joyuson Vieira (Utinga), Marcos Airton Alves Araujo (Lençóis), Ivan Cláudio de Almeida (Ibiquera). Também participaram Elter Bastos (Wagner), João Lucio Passos Carneiro (Andaraí), Luiz Claudio Miranda Pires (Ruy Barbosa), Marcos Mota (Lajedinho), Manoel Luz (Mucugê), e dos representantes da prefeita de Nova Redenção Guilma Soares (Ivan Soares) e do prefeito Edwilson Oliveira Marques de Piatã – representado pelo vice-prefeito Adercio Santana Macedo.
    Jornal da Chapada

    POSTAGENS MAIS VISTAS NO BLOG!